Mulheres de Topo











Art by Cinthia Duim
Cantinho da beleza
Casa do sofá azul
Desejo a flor da pele
Diário de uma pedagoga Drika Miranda
Estrela guia 2010
Fonte de amor
Flores e livros
Infinito da Cris
Meus sonhos encantados
Nadja
O livro dos dias
P.S. eu te amo
Reflexo das fadas
Refúgio das fadas
Serenelle
Sete minutos no paraíso
Sol e atitude
Temporal de amor
Viver e educar
Veja meus trabalhos no PSP




online



- 18/03/2012 a 24/03/2012
- 16/10/2011 a 22/10/2011
- 11/09/2011 a 17/09/2011
- 07/08/2011 a 13/08/2011
- 31/07/2011 a 06/08/2011










MULHERES DE TOPO

"As melhores mulheres pertecem aos homens mais atrevidos ...
Mulheres são como maçãs em árvore. As melhores estão no topo. Os homens não querem alcançar essas boas, porque eles tem medo de cair e se machucar. Preferem pegar as maças podres que ficam no chão, que não são boas como as do topo, mas são fáceis de se conseguir. Assim as maçãs no topo pensam que algo está errado com elas, quando na verdade, eles estão errados ... Elas tem que esperar um pouco para o homem certo chegar ... aquele que é valente o bastante pra escalar até o topo da árvore."

Machado de Assis

AMIGA




SOU UMA MULHER DE TOPO






Cristiny online
Efeitos especiais
Evelyn place
Kixiki
Imikimi
Glitter graphics
Mamen psp
Mundo dos gifs
Reino dos gifs
Tipinic
Xt host






Meus blogs antigos







VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil





Medíocres e Perigosos

O reacionário é, antes de tudo, um fraco. Um fraco que conserva ideias como quem coleciona tampinhas de refrigerante ou maços de cigarro – tudo o que consegue juntar mas não têm utilidade a não ser para ele. Nasce e cresce em extremos: ou da falta de atenção ou do excesso de cuidados. E vive com a certeza de que o mundo fora da bolha onde lacrou seu refúgio é um mundo de perigos, pronto para tirar dele o que acumulou em suposta dignidade.

O reacionário vive com medo. Mas não é inofensivo. Foto: Galeria de GorillaSushi/Flickr

 

Como tem medo de tudo, vive amargurado, lamentando que jamais estenderam um tapete à sua passagem. Conserva uma vida medíocre, ele e suas concepções e nojos do mundo que o cerca. Como tem medo, não anda na rua com receio de alguém levar muito do pouco que tem (nem sempre o reacionário é um quatrocentão). Por isso, só frequenta lugares em que se sente seguro, onde ninguém vai ameaçar, desobedecer ou contradizer suas verdades. Nem dizer que precisa relaxar, levar as coisas menos a sério ou ver graça na leveza das coisas. O reacionário leva a sério a ideia de que é um vencedor.

Como passou a vida toda tendo tudo aos alcance – da empregada que esquentava o leite no copo favorito aos pais que viam uma obra de arte em cada rabisco em folha de sulfite que ele fazia – cultivou uma dificuldade doentia em se ver num mundo de aptidões diversas. Para ele, tudo o que é diferente tem potencial de destruição.

Por isso se tranca e pede para não ser perturbado no próprio mundo. Porque tudo perturba: o presidente da República quer seu voto e seus impostos; os parlamentares querem fazê-lo de otário; os juízes estão doidos para tirar os direitos acumulados; a universidade é financiada (por ele, lógico) para propagar ideias absurdas sobre ideais que despreza; o vizinho está sempre de olho na sua esposa, em seu carro, em sua piscina. Mesmo os cadeados, portões de aço, sistemas de monitoramento, paredes e vidros anti-bala não angariam de todo a sua confiança. O mundo está cheio de presidiários com indulto debaixo do braço para visitar seus familiares e ameaçar os nossos (porque os nossos nunca vão presos, mesmo quando botam fogo em índios, mendigos, prostitutas e ciclistas; índios, mendigos, prostitutas e ciclistas estão aí para isso, quem mandou sair de casa e poluir nosso caminho de volta ao lar).

Como não conhece o mundo afora, a não ser nas viagens programadas em pacotes que garantem o translado para o hotel, e despreza as ideias que não são suas (aquelas que recebeu de pronto dos pais e o ensinaram a trabalhar, vencer e selecionar o que é útil e o que é supérfluo), tudo o que é novo soa ameaçador. O mundo muda, mas ele não: ele não sabe que é infeliz porque para ele só o que não é ele, e os seus, são lamentáveis.

Muitas vezes o reacionário se torna pai e aprende, na marra, o conceito de família. Às vezes vai à igreja e pede paz, amor, saúde aos seus. Aos seus. Vê nos filhos a extensão das próprias virtudes, e por isso os protege: não permite que brinquem com os meninos da rua nem que tenham contato com ideias que os retirem da sua órbita. O índice de infarto entre os reacionários é maior quando o filho traz uma camisa do Che Guevara para casa ou a filha começa a ouvir axé e namorar o vocalista da banda (se ele for negro o infarto é fulminante).

Mas a vida é repleta de frestas, e o tempo todo estamos testando as mais firmes das convicções. Mas ele não quer testá-las: quer mantê-las. Por isso as mudanças lhe causam urticárias.

Nos anos 70, vivia com medo dos hippies que ousavam dizer que o amor não precisava de amarras. Eram vagabundos e irresponsáveis, pensava ele, em sua sobriedade.

Depois vieram os punks, os excluídos de aglomerações urbanas desajeitadas, os militantes a pedir o alargamento das liberdades civis e sociais. Para o reacionário, nada daquilo faz sentido, porque ninguém estudou como ele, ninguém acumulou bens e verdades como ele e, portanto, seria muito injusto que ele e o garçom (que ele adora chamar de incompetente) tivessem o mesmo peso numa urna, o mesmo direito num guichê de aeroporto, o mesmo assento na mesa de fast food.

Para não dividir espaços cativos, frutos de séculos de exclusão que ele não reconhece, eleva o tom sobre tudo o que está errado. Sabendo de seus medos e planos de papel, revistas, rádios, televisão, padres, pastores e professores fazem a festa: basta colocar uma chamada alarmista (“Por que você trabalha tanto e o País cresce tão pouco?”) ou música de suspense nas cenas de violência (descontrolada!) na tevê para que ele se trema todo e se prepare para o Armagedoon. Como bicho assustado, volta para a caixinha e fica mirabolando planos para garantir mais segurança aos seus. Tudo o que vê, lê e ouve o convence de que tudo é um perigo, tudo é decadente, tudo é importante, tudo é indigno. Por isso não se deve medir esforços para defender suas conquistas morais e materiais.

E ele só se sente seguro quando imagina que pode eliminar o outro.

Primeiro, pelo discurso. No começo, diz que não gosta desse povinho que veio ao seu estado tirar espaço dos seus. Vive lembrando que trabalha mais e paga mais impostos do que o povinho do estado ao norte, que agora vem construir casas em seu bairro, frequentam os clubes e shoppings antes só repletos de suas réplicas. Para ele, qualquer barberagem no trânsito é coisa da maldita inclusão, aqueles povos bárbaros que hoje tiram carta de habilitação e ainda penduram diplomas universitários nas paredes. No tempo dele, sim, é que era bom: a escola pública funcionava (para ele), o policial não se corrompia (sobre ele), o político não loteava a administração (não com pessoas que não eram ele).

Há que se entender a dor do sujeito. Ele recebeu um mundo pronto, mas que não estava acabado. E as coisas mudaram, apesar de seu esforço e sua indignação.

Ele não sabe, mas basta ter dois neurônios para rebater com um sopro qualquer ideia que ele tenha sobre os problemas e soluções para o mundo – que está, mas ele não vê, muito além de um simples umbigo. Mas o reacionário não ouve: os ignorantes são os outros: os gays que colocam em risco a continuidade da espécie, as vagabundas que já não respeitam a ordem dos pais e maridos, os estudantes que pedem a extensão de direitos (e não sabem como é duro pegar na enxada), os drogados que não estão necessariamente a fim de contribuir para o progresso da nação, o governante que agora vem com esse papo de distribuir esmola, combater preconceitos inexistentes (“nada contra, mas eles que se livrem da própria herança”), os países vizinhos que mandam rebas para emporcalhar suas ruas.

O mundo ideal, para o reacionário, é um mundo estático: no fundo, ele não se importa em pagar impostos, desde que não o incomodem. Como muitos não o levam a sério, os reacionários se agrupam. Lotam restaurantes, condomínios e associações de bairro com seus pares, e passam a praguejar contra tudo.

Quando as queixas não são mais suficientes, eles se organizam (justo ele, que detestava tudo o que era coletivo, do sindicato ao partido político). Juntos, eles identificam e escolhem os porta-vozes de suas paúras em debates nacionais. Às vezes são hilários, às vezes incomodam.

Mas, quando se vê como uma voz inexpressiva entre os grupos que deveriam representá-lo, o reacionário bota para fora sua paranóia, pragueja contra o sistema democrático (às vezes com o argumento de que o sistema é antidemocrático) e se arma. Como o caldo cultural legitima seu discurso e sua paranoia, ele passa a defender crimes para evitar outros crimes – nos Estados Unidos, alvejam imigrantes na fronteira, na Europa, arrebentam árabes latinos, e na Candelária, encomendam chacinas e, em QGs anônimos, planejam ataques contra universitários de Brasília que propagam imoralidades.

O reacionário é um cidadão do mundo. Seu nome legião porque são muitos. Pode até ser fraco e viver com medo de tudo. Mas nunca foi inofensivo.

 

Matheus Pichonelli



- Postado por: Lala às 11h00
[ ] [ envie esta mensagem ]





Tem dias que acredito no amor, que acredito viver um amor.

Me encanta certas demostrações inesperadas, mesmo sem ser calculadas ou pensadas.

Já questionei a falta de envolvimento ou mesmo compartilhamento, talvez estava errada.

A questão é que os homens - IDIOTAS - dificilmente falam o que sentem ou o que querem.

Posando de machão, forte, másculo são eles quem mais sofre.

Depois de muito sofrer, hoje entendo algumas atitudes, até aceito.

Aceitação: 1. Receber o que é oferecido. 2. Estar conforme com. 3. Admitir.

Essa passou ser minha palavra guia. 

Não digo que aceito tudo que me é imposto, na verdade aceitei viver em uma sociedade porca, suja, indigna de qualquer verdade.

Por isso, me sinto nas nuvens, só de imaginar que alguém pode sentir algo puro e verdadeiro por mim, e que isso é reciproco.

É bem certo ... a verdade eu nunca saberei. 



- Postado por: Lala às 21h25
[ ] [ envie esta mensagem ]





 

Olá meninas,

Hoje vou contar um segredinho, vou falar do Bepantol,

pra quem não conhece ele é encontrado em forma de pomada ou líquido, usado em assaduras de bebês, cicatrização de tatuagens, queimaduras e feridas na pele, achei um video no Youtube falando muito bem e com diversos efeitos benéficos para a beleza feminina, rsrs. Resolvi testar ... A pomada não é um milagre, mas ajuda muito, seu efeito é ótimo.

Pode ser utilizada para rachaduras na boca, ressecamento da pele em qualquer lugar, hidratação dos pés, das unhas, cotovelos, etc.

Ele, também, existe na forma líquida, que nos possibilita utiliza-lo para hidratação dos cabelos e cilios.

Isso porque o  dexpantenol protege a pele agindo por dentro: penetra nas camadas internas da pele e é transformado em vitamina B5, que estimula a formação e regeneração natural da pele. A pele fica nutrida e fortalecida. A lanolina protege por fora: forma uma barreira na pele, protegendo-a das agressões externas, como urina, fezes e ressecamento. A lanolina mantém a pele hidratada.

Sempre passe o produto a noite para que ele possa ficar mais tempo na sua pele. Ouvi falar que ele também ameniza olheiras e axilas escuras, isso eu ainda não testei, se der certo me falem.

E o melhor de tudo isso é que ele é baratinho, você acha em qualquer farmácia e seu preço varia entre R$ 5,00 e R$ 10,00.

Vale a pena, testado e aprovado.



- Postado por: Lala às 23h38
[ ] [ envie esta mensagem ]





Prazer

Nem todas as mulheres descobriram o prazer de fazer as unhas, quando se está deprimida seja por qual motivo for, ir à manicure ou mesmo em casa, alivia demais qualquer sensação ruim.

Além da sensação de limpeza, unhas bem feitas dão poder a mulher, a torna mais sensual, a torna diferente das outras.

É uma sensação indescritível. É uma delícia.

Quer saber ?!?! não existe fórmula secreta não, se não sabe fazer a própria unha, simplemente comece ... no primeiro mês vai ficar uma porcaria, mas você aprende.

 

 



- Postado por: Lala às 14h19
[ ] [ envie esta mensagem ]





Colônia Maria Manhã de Sonho e Colônia Eu Sinto

Olá meninas hoje eu me presentei com essas duas colônias da linha Jequiti.

São bem suaves e gostosinhos.

Maria Manhã é floral, com notas cítricas, verdadeira delícia, pena que só comprei 50 ml, é muito pequenino =(

Eu sinto 'emoção, alegria, prazer de viver' é uma colônia desodorante, como o próprio nome diz, não é tão bom de fixação, mas vale a pena, é muito gostoso o aroma.

Adoruuuu perfumes, uso até para dormir.

Se alguém quiser me agradar me dê um perfume, vou amar.

Por hoje é só, fiquem Deus.

Beijos



- Postado por: Lala às 23h25
[ ] [ envie esta mensagem ]





Olá queridos amigos,

quanto tempo não escrevo.

A tempos tenho vontade de postar algumas coisas diferentes,

a partir de agora vou publicar algumas dicas que acho interessante dividir com os outros, do mesmo jeito que aprendo com as pessoas, gostaria de dividir com  vocês o pouco que sei, produtos, experiências, receitas, opiniões entre outras coisas.

Beijos



- Postado por: Lala às 22h49
[ ] [ envie esta mensagem ]





Meu amor

Olhos mergulhados nas estrelas.

Corações unidos.

Desejos vividos.

Noite abençoada,

De um amor

Descoberto pela vida,

Apresentado pelo destino

Homenageado pela felicidade,

Presente em um sorriso...

Sorriso radiante

Que enfeitiça o coração

E encanta o amor,

Sorriso inocente.

Lindo Sorriso,

Resumo de milhões de palavras

Em um simples gesto sincero.

Gesto cativante

Que tem um enorme valor.

Lindo Sorriso,

Que transparece a felicidade

E a sinceridade de amar.

Lindo Sorriso,

Dono do tempo

Inimigo da Solidão.

Lindo Sorriso,

Mestre do amor...

Seja meu

Lindo Sorriso,

SOMENTE MEU...

Eu te amo.

Cada segundo sem você parece uma eternidade,

obrigada por momentos tão maravilhosos.



- Postado por: Lala às 10h18
[ ] [ envie esta mensagem ]





Desespero

Já não sei mais o que fazer, sinceramente, penso em pular da ponte.

Entretanto, sei que esta não seria a solução, apenas mudaria de problema.

Sinto falta de um amigo, alguém que realmente me ajude a solucionar meus problemas,

mas este alguém não existe, sinto falta de alguém que realmente me entenda.

Me sinto sozinha no mundo, quero acreditar que não, mas ... meu coração não sente o contrário.

Não que as pessoas não gostem de mim, talvez não gostem o suficiente ou talvez nem gostem.

Pensar positivo ... eu desejo do fundo do meus coração,

minha mente divaga, 

o melhor do dia é o Sol, sempre sincero e amoroso.

Não quero ficar com aquela tristeza novamente, isso não quero, sei o quanto é ruim para mim isto.

Não quero chorar, não quero ficar assim.

Quero vencer, ser feliz, ser vitoriosa.

Desejo que tudo dê certo para mim e para todos.

Apenas isto.



- Postado por: Lala às 16h24
[ ] [ envie esta mensagem ]





O pior sofrimento é aquele que você não sabe como solucionar.

Sinto-me sozinha muito sozinha, ninguém sabe como me sinto

Sofro muito.

Quanto mais caminho, tento sair dessa situação, mais vou para o lugar errado.

Disseram-me que ainda nem começou, Deus não quero mais isso.

Quero muito que acabe

Não tenho paz e agora sem esperança

Não sei o que fazer. Penso muitas coisas ruins. Não quero, mas penso.

Aquela sensação de estar num filme já desapareceu, depois dela ... Vem a realidade, e é nela que vc sofre mais e mais, porque não tem retorno, não se acorda da realidade.

Choro, mas choro com meu coração, é um choro que vem da alma, como se fosse sangue escorrendo pelo meu corpo.

Sempre pensei que isso fosse acabar logo, mas não é isto que está acontecendo, mês a mês, dia a dia, hora a hora percebo  que esta muito longe.

Sinto falta de alguém para conversar, sinto falta de um amigo verdadeiro, que me ame e que eu possa contar e acreditar.

Odeio esses sonhos que povoam minha mente, esses sonhos que me dão esperança, sonhos tolos, porque nunca se realizam.

Perdoa-me Deus, por descumprir uma promessa que fiz a alguém amado. Perdoa amigo. Eu sou fraca e preciso de ajuda.

  Nunca pensei sentir isso. Nunca pensei sentir tanta falta de amor.

Gostaria que essas lágrimas lavassem minha alma, de sentir menos mal depois, de não sentir mas dores físicas, ou que apenas amenizassem, pelo menos. Mas isso só me deixa mais fraca.

Larice  – Chega de ilusões, chega, quanto tempo você vai precisar para perceber que não adianta, não adianta, não adianta.

Deus eu preciso de uma nova oportunidade, preciso muito de um momento feliz, preciso de uma vitória.

Quando eu era pequena, desde bebe, dormia com uma fraudinha no rosto, e isto me bastava, sempre levo um paninho no rosto desejando voltar ao passado.

Onde esta este pessoal que me ama na Terra? Onde está minhas almas gêmeas? Não é possível que ninguém goste de mim de verdade.

Já não me importo com os outros.



- Postado por: Lala às 22h50
[ ] [ envie esta mensagem ]





Questão de fé

Somos fracos e pequeninos, seres frágeis e egoístas, verdadeiros idiotas.

Hoje percebi que Deus sempre dá seu jeito de nos ajudar, não adianta sofrermos adiantado, isso não pode, todo o tempo ele nos envia sinais de amor e fé, no entanto, somos tolos e superficiais.

Só tenho que agradecer por tudo.

“ Deus conhece as nossas necessidades, e as provê segundo o necessário; mas o homem, insaciável em seus desejos, não sabe se contentar com o que tem; o necessário não lhe basta, lhe é preciso o supérfluo.”



- Postado por: Lala às 20h28
[ ] [ envie esta mensagem ]





oiii retornando ao blog, como sempre.

Sempre que me sinto sozinha fico feliz em escrever o que sinto.

Hoje tive um dia difícil, contarei :

  • perdi o sono de madrugada, dai fiquei baixando musicas da internet
  • leventei tinha um cliene para atender as 8:15, para variar so um pouco cheguei atradada
  • estou com um novo projeto para meu quarto, se tudo der certo segunta eu faç
  • Agora? estou caindo de sono a sorte é que estou debaixo de um Edredon delicioso

Acredito que amanhã vai dar tudo certo. Depois volto pra contar mais.

Beijos



- Postado por: Lala às 22h36
[ ] [ envie esta mensagem ]





Sonho possível

Vi uma notícia neste domingo que me deixou em êxtase.

"Cada real está valendo quase $2,40 pesos argentinos"

A tempos tenho sonhando em conhecer a Argentina nem tanto pelo povo, creio não exitir povo melhor que o brasileiro, mas pela riqueza cultural e arquitetônica.

Se engana quem pensa que na Argentina tem apenas o Obelisco e a Casa Rosada para conhecer. Há lugares maravilhosos para visitar.

Sonho em conhecer seus restaurantes, bares e casas noturnas, passear pelas ruas da Recoleta, bairro do Palermo, Caminito, San Telmo, Balvanera, Puerto Madeiro, Belgrano e Chinatown. Além de, é claro, saborear a autêntica tapa de cuadrill (picanha argentina).

Nunca esteve tão fácil ir para a Argentina.

  • Brasileiros não precisam de passaporte, apenas identidade
  • No Banco la Nacion a cotação do real é favorável
  • Os vinhos são bons e baratos (amo vinho)

Ai Deus me dá?

 

Fonte: Jornal Correio http://www.correiodeuberlandia.com.br/cultura/buenos-aires-encanta-e-em-conta/

 



- Postado por: Lala às 19h57
[ ] [ envie esta mensagem ]





ILUSÕES

FELIZ DAQUELE QUE VIVE NAS ILUSÕES DA VIDA.

FELIZ DAQUELE QUE NÃO CONHECE A VERDADE.

FELICIDADE NÃO RIMA COM VERDADE, MESMO QUE NÃO SEJA REAL, TE FARÁ SENTIR BEM.

A VERDADE DOI, APERTA O CORAÇÃO, ATACA A MENTE, ELIMINA A PAZ.

NÃO SEI SE ESSE SENTIMENTO É ETERNO, CLARO QUE NÃO ... SÓ SEI QUE ME ARREPENDO.

DEUS ...  ETERNO, IMUTÁVEL, INCOMPREENSÍVEL.

PLANEJAVA MORAR EM OUTRA CIDADE, TER UM EMPREGO ESTÁVEL ... QUE DESTINO ESTAVA TRAÇADO PARA MIM

O MAIS CRUEL ... CONHECI A VERDADE.

SEI QUE SE MEUS PLANOS TIVESSEM SIDO CONCLUÍDOS, AINDA ESTARIA NA ILUSÃO, MAS FELIZ.

TERIA PAI E MÃE INÓCUOS, BRANDOS, AMÁVEIS, PUROS

TRISTE SORTE A MINHA

NÃO SEI QUAL PLANO ESTÁ TRAÇADO PARA MIM

MAS SEI QUE GOSTARIA DE VOLTAR A SER FELIZ.

ILUSÃO!!!



- Postado por: Lala às 21h19
[ ] [ envie esta mensagem ]





Natal e Reveillon se passaram, foi maravilhoso. Sempre preferi o reveillon, pra mim ele vem banhado de novas esperanças e sonhos. É como se tudo o que deu errado no ano anterior, ganhasse um novo impulso a dar certo. Todos os planos têm o ar de que irão dar certo. E, realmente, irão.

Mas do que nunca penso em Deus, Deus em todos os momentos na minha vida, só ele poderá me guiar.

 

SE A CARTA QUE UM DIA EU ESCREVI CHEGARAM EM SUAS MÃOS NÃO RASGA MAIS GUARDA ESSA CANÇÃO JUNTO AO CORAÇÃO,SE A CHUVA VAI CAINDO DEVAGAR EM GOTAS QUE ME TRAZEM SEU OLHAR TUDO MUDA MENOS O QUE SINTO POR VOÇE,SE FICO TENTANDO TE TRAZER DEVOLTA PRA ESSA CANÇÃO SÓ PEÇO PRA NÃO ME ESQUECER ESCUTE ESSE CANÇÃO SE OS DIAS VÃO PASSANDO DE VAGAR EM GOTAS QUE ME TRAZEM SEU OLHAR TUDO MUDA MENOS O AMOR QUE SINTO POR VOÇE...



- Postado por: Lala às 17h41
[ ] [ envie esta mensagem ]





Hipocrisia

 

Não gosto pessoas hipócritas e mentirosas.

hipocrisia : (grego hupokrisía, -as, desempenho de um papel) s. f.
1. Fingimento de bondade de ideias ou de opiniões apreciáveis.
2. Devoção fingida.
Será que nunca menti ou mentirei?
Será que nunca fingi ou fingirei?
...
Todos somos hipócritas.
Infelizmente, fingimos todo o tempo.
Por necessidade?
As vezes, sim. Ás vezes, não.
Somos hipócritas em acreditar nas pessoas, em crer que um dia elas poderão mudar.
Sim, é claro, que acredito na melhora do ser humano. Seria hipócrita dizendo que não. Percebo que não sou a mesma de anos atrás, e vejo isso nos outros também. Todos melhoramos.
Porém, esse argumento contém um grande detalhe.
Ninguém muda ou melhora sem querer, sem sentir necessidade de fazê-lo.
Por que escrever de hipócrisia?
Somos hipócritas ao acreditar em sonhos.
Essa semana ouvi alguém dizer que " a pior mentira é aquela dita para nós mesmos".
Sugiro que não minta pra si mesmo, a intensidade da dor ... não vale a pena.
O preço de acreditar em alguém, quando tudo ao seu redor desacredita, é muito alto.
Sim acredite. Mas em algo ou alguém que queira ou deseje ser diferente.
Não faça como eu ... não se iluda.
Alguns dizerm "Algumas coisas nunca mudam" ... não, não é assim.
Mudam.
Eu mudarei, por quê?
Porque eu quero.

If I begged and if I cried
Would it change the sky tonight
Would it give me some light?
Should I wait for you to call?
Is there any hope at all
Are you drifting by


 



- Postado por: Lala às 22h41
[ ] [ envie esta mensagem ]